Olá, mundo!

Olá, mundo!

Tudo bom? Meu nome é Celso Bessa, sou coordenador de projetos e operações na 2ACES e me propús a saudá-lo no primeiro post do nosso blog. Eu deveria fazer algo mais formal, apresentando tudo e todos e contando nossa história, mas eu prefiro dizer: Olá, Mundo!

Por quê “Olá, mundo”?

Por 5 razões, a maior parte delas, cheia de ironia:

  1. É uma expressão que parece tão humana mas é muito mais usada em informática e tecnologia em geral e não por pessoas em seu dia-a-dia.
  2. É uma expressão que, em sua simplicidade, tem um significado profundo e irônico, pois ao dizer “Olá” para o mundo, automaticamente dizemos ao mundo: eu existo.
  3. Também pode denotar um assombro perante ao desconhecido que se torna conhecido – uma iluminação: “Uau, isso existe e é impressionante.
  4. Dizer “Olá” para o mundo também significa dizer “Olá” para todas as pessoas que vivem nele. É se conectar com o semelhante.
  5. É o nome do post padrão do WordPress, a plataforma de gerenciamento de conteúdo que usamos e somos fãs.

É uma pena que quase todas as lições iniciais de uma linguagem de programação é sobre como escrever a frase “Olá, mundo!” (se não acredita, veja este artigo aqui na Wikipédia, que não mente*) mas dificilmente dizemos – ou ouvimos outra pessoa dizer – esta frase.

Minha proposta neste post, e a proposta da 2ACES, é justamente que passemos a dizer “Olá, Mundo!” mais vezes e em todos os sentidos estes sentidos, pois aqui na 2ACES acreditamos que as pessoas são mais valiosas que as ferramentas. Acreditamos na importância das pessoas darem mais valor às suas existência e seus conhecimentos. Temos tesão por aprender coisas novas e não temos medo o desconhecido.

E nossos projetos se voltam para valorizar o conhecimento e  a colaboração entre pessoas e comunidades, pois queremos que as pessoas se conectem entre si e conheçam umas às outras. E queremos também que as empresas que prestamos consultoria também se conectem – de verdade – com as pessoas, pois, afinal, as empresas também são feitas de pessoas.

Resumindo, queremos construir pontes. Para que quem estiver de um lado possa descobrir o mundo e as pessoas do outro lado, e, sorrindo, dizer um poderoso “Olá, Mundo!”

E este blog vai ser o diário (ou semanário, ou mensário) desta construção. Contamos com seus “Olás!” por aqui e esperamos que nos ajude a construir – e a cruzar – muitas pontes.

Olá, Mundo!

(* = A Wikipédia não mente, que mente são as pessoas!)

Foto montagem Meditation in Cave (um senhor, uma caverna e paisagem fora da caverna)
O mundo é algo assombroso e dizer Olá,Mundo! é sair de nossas próprias cavernas (imagem: Meditation in Cave de Andre Fromont http://www.flickr.com/photos/andrefromont/7255075914/ )