Performance no WordPress: limpando e otimizando o banco de dados

Recolha o lixo! (Foto de Kevin Dooley em https://www.flickr.com/photos/pagedooley/4583433155/)
Recolha o lixo! (Foto de Kevin Dooley em https://www.flickr.com/photos/pagedooley/4583433155/)

Dica rápida para solucionar (ou ao menos amenizar) um problema comum em sites e blogs feitos em WordPress com baixa performance: um banco de dados pesado e “sujo”, que normalmente acontece por temas e plugins deixarem dados para trás quando desinstalados.

Embora cada caso seja diferente e o banco de dados não seja o único fator de impacto em performance, o uso dos plugins WP-Sweep, de Lester Chan, um dos mais antigos desenvolvedores de WordPress em atividade, e o WPDB SpringClean, da WP Solutions, podem diminuir bastante o peso do banco de dados, o que já costuma dar resultados imediatos.

O WP-Sweep é muito bom em especial para procurar e limpar opções e meta-dados orfãos. Tanto em posts, como em páginas, custom post types, taxonomias, etc. Já o WPDB SpringClean faz limpezas e otimizações mais genéricas. Ambos são bem amigáveis e fáceis de usar, só não se esqueça de fazer backup na sua base antes (coisa que é mamão com açúcar e segura usando a WPEngine)

O quanto vai melhorar depende de vários fatores, mas em nossa experiência com otimizações na Clínic2a – Terapia para WordPress sugere que em blogs pequenos e médios, especialmente de quem instalou e desinstalou muito plugin e tema, já alivia bastante. Usamos inclusive em alguns dos cases da clínica.

Links

Recolha o lixo! (Foto de Kevin Dooley em https://www.flickr.com/photos/pagedooley/4583433155/)
Recolha o lixo! (Foto de Kevin Dooley em https://www.flickr.com/photos/pagedooley/4583433155/)